segunda-feira, fevereiro 8

Efeito das Velhas Agendas

A tempestade vai passando, como meus quatorze, quinze anos e até dou meias razões àquelas frases de efeito em minha agenda. Passam as dores do peito e mais um tempo a gente ri do choro e sofrimento (necessário). Fazer as pazes comigo, encontrar a tempo algo que me lembrasse  quem sou e, em vez de tirar os calos dos meus pés, mostrar tantos outros que o tempo deixou. A minha canção alguns podem até lembrar-se, mas somente eu poderei executá-la. As conchas trazem gravadas histórias de caminhos bem aventurados, já cruzados, e que tem por bandeira objetos parcos e pessoas com missões diversas. As traças na beirada das páginas, somem pedaços dela, somem pedaços de mim... Vou me encontrando nas cartas e folhas antigas, enxergando como tudo passa, inclusive esse texto aqui. 

8 comentários:

  1. Adoro texto de sofrimento e tristeza e vida.
    Normalmente leio essas qualidades explicitamente, porém aqui elas estão implicitas.Deu uma sutileza e gosto a ler.

    ResponderExcluir
  2. Bancana Moça...
    gostei...
    Frases de efeito...elas acabam tendo razão
    Voltarei em breve

    http://sraspas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Great!
    *_*
    poi zé... sei tbm como eah... reler coisas e pensar no tempo que passou e que esta passando...a cada segundo é outro tempo...as vezes naa vida é 1 minuto de bom tempo 3 de mal tempo...mas todos valiosos...

    beeeijOs de poemas.

    ResponderExcluir
  4. Ola!! Fico feliz que se identifica com meus poemas, também gostos de seus textos e não tenho uma agenda, mas minhas lembranças de quatorze, quinze anos são muito boas, com frases de efeitos e auto-afiramação,espero que meus poemas continuem,senão te identificando, pelo menos te encantando.Bjs!!

    ResponderExcluir
  5. É sempre bom te ler, linda!

    Desde o princípio aprecio tua escrita pela forma simplista e profunda de ser e fazer! Quanto te leio, sinto como se estivesse a ouvir-te a proferir suas palavras no meio da praça, como os modernistas! É bom ser assim, transparente feito água no ato de derramar emoções em palavras... Faz tudo isso muitíssimo bem!

    Meus beijos de admiração! xD

    ResponderExcluir
  6. "... enxergando como tudo passa"

    Belo post!
    Amei o blog... voltarei mais vezes!
    Estou te seguindo!

    ResponderExcluir
  7. Ola!! Fiz um novo blog que se chama Doces & Publicações ( www.docesepublicacoes.blogspot.com) e gostaria (se você quiser) de fazer uma brincadeira ou seria um desafio? Bem, é o seguinte, mande-me um poema ou texto com o seguinte título “Poema do Amor Louco” como meu último post (que será uma trilogia ou não.) para eu publicar nesse novo blog, que terá cinema, música, literatura entre outros, mas o mais importante é a participação dos amigos blogueiros que quando quiserem podem mandar algo. O intuito é interagir mais, fazer um blog sem compromisso, mas divertido e bacana.
    Por isso se você quiser participar dessa minha loucura é só mandar seu texto ou poema para

    poetamaurorocha@gmail.com

    sem pressa!!

    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  8. Ola!! Passei para desejar um ótimo fim de semana e para dizer que se você tiver um tempinho vá ao http://www.docesepublicacoes.blogspot.com/ e veja as obras primas que estão surgindo por lá.

    Um abraço!!

    ResponderExcluir

Obr1gad4 P0r S0m4r Com a G3nt3! =)